Pode dar pipoca para cachorro? Veja!

4 minutos para ler

Você também já se perguntou se a gente pode dar pipoca para cachorro ou se essa não é uma prática recomendada? Descobrir a resposta certa é fundamental para alimentar o seu cão da maneira correta, e sem oferecer riscos para ele.

A pipoca é um alimento muito comum na rotina dos seres humanos. É basicamente milho. Por isso parece segura para os cachorros. Mas tem alguns detalhes que precisam de atenção, e vamos contar tudo para você neste artigo.

Continue lendo e descubra se, afinal, pode dar pipoca para cachorro ou não.

Qual a importância da alimentação saudável para cães?

Antes de tudo, precisamos ressaltar a importância de você oferecer uma dieta adequada para o cão. Considere que a fonte de nutrição dele é exclusivamente os alimentos que você oferece. Por isso, eles precisam ter uma excelente qualidade.

A alimentação saudável é aquela que atende às necessidades nutricionais de cada cachorro. Precisamos pensar na idade dele, raça, porte, características individuais e possíveis problemas de saúde ou riscos. Assim podemos prevenir doenças, equilibrar o funcionamento do organismo e proporcionar longevidade.

Cachorro pode comer pipoca?

Dar pipoca para cachorro não tem problema. Esse não é um alimento proibido, pois não é tóxico para o animal. Na verdade, o problema está na maneira como o petisco é preparado e nos temperos que adicionamos a ele.

Preparar com óleo de soja, acrescentar sal, manteiga, realçadores de sabor e outros faz com que a pipoca para cães seja perigosa. Então, você pode oferecer esse petisco para o cachorro, mas precisa ter atenção na hora de preparar.

Quais riscos a pipoca pode trazer?

Geralmente, o milho de pipoca que encontramos no supermercado é transgênico. Esse é um dos riscos desse tipo de petisco para o cachorro. Afinal, esse grupo de alimentos pode conter substâncias tóxicas para os cães.

Quando preparamos com muita gordura, sal e temperos, isso pode causar vômitos, diarreia, pancreatite e outros problemas gastrointestinais. O sal ainda compromete os rins e causa intoxicação.

Outro risco é o cachorro engolir a pipoca sem mastigar. Ela pode ficar presa na garganta e até obstruir o trato respiratório, provocando asfixia.

Como preparar corretamente a pipoca para cães?

Como você viu, o cachorro pode comer pipoca, mas é preciso adotar alguns cuidados. Tudo começa com a escolha do milho, que precisa ser orgânico. Prefira pipoca caseira, pois as industrializadas e as de micro-ondas contêm ingredientes que fazem mal para os cães.

Quando for estourar o milho, use óleo de coco ou um pouco de manteiga sem sal. Evite estourar no micro-ondas porque ele pode deixar alguns milhos inteiros e queimar outros, o que também poderia ser prejudicial para o pet.

Vale usar a pipoqueira elétrica. Ela é uma boa alternativa porque não usa nenhum tipo de gordura no preparo. Não se esqueça que o ideal é oferecer pipoca sem sal para cachorro.

Quais são as outras alternativas de petiscos?

Em vez de dar pipoca para cachorro, você pode escolher um petisco mais seguro ou saudável. As opções naturais são as frutas, como banana, maçã e pera, sem sementes. Mas também existem várias opções de petiscos formulados especificamente para cachorros.

É interessante escolher esses produtos porque eles têm uma composição balanceada e consideram as necessidades nutricionais do pet. Mas vale ressaltar que nem a pipoca ou qualquer outro tipo de petisco deve substituir a refeição do animal. É apenas um agrado que deve ser servido com moderação.

Dessa forma, quando pensar em dar pipoca para cachorro, lembre-se que a porção dele precisa ser preparada de maneira especial. Então, resista àquele olhar pidão e evite oferecer a sua pipoca para o pet. É um modo responsável de cuidar da saúde dele.

Gostou de aprender mais essa? Então compartilhe nas redes sociais para que outras pessoas também saibam como oferecer esse delicioso petisco com o cão de uma forma segura.

Conheça nossos serviços e descontos: DeliveryRetire na LojaAssinaturaCash Back, siteApp, e muito mais. Temos produtos para seu cachorrogatopássaros, roedorpeixes e répteis.

Posts relacionados

Deixe um comentário

pt_BRPortuguês do Brasil